Carregando

Iniciativa em Ocultismo


O poder da sntese uma das caractersticas do Discipulado, que naturalmente s se efetivar com a obteno da Maestria.

Raymund Andrea, que foi Grande Mestre da AMORC para a Gr-Bretanha, de 1921 a 1947, escreveu sobre o tema do titulo no Artigo Iniciativa Oculta, que parte da Seo 4, do livro A Flor da Alma, que a Ordem Rosacruz publicou.

Neste excelente Artigo Andrea cita o Mestre Koot Hoo Mi e retirou esta citao, das vrias Cartas que o Mestre trocou com dirigentes da Sociedade Teosfica no final do sculo XIX. Posteriormente a Sociedade Teosfica publicou essas Cartas, sendo que a maioria delas, onde se reconhece a letra do Mestre, encontram-se expostas no Museu Britnico.

Para mim, em termos de iniciativa no servir a uma Ordem Esotrica, nada h para acrescer-se s palavras do Mestre.

Devido a uma ideia equivocada de nosso sistema, os chelas (Discpulos j sob a observao de um Mestre; ou ainda Estudantes de esoterismo; acreso) com demasiada frequncia buscam ou esperam por ordens, perdendo tempo precioso que poderia ser aproveitado com esforos pessoais. Nossa causa precisa de missionrios, devotos, agentes e at mesmo mrtires, talvez. Mas ela no pode exigir de homem algum que se torne um deles (Mestre Koot Hoo Mi, Carta 7).

Bibliografia.

- Prefcio do Grande Mestre; Artigo Iniciativa Oculta, Seo 4; ambos do livro A Flor da Alma, Raymund Andrea, Ordem Rosacruz.
- Seo A Senda do Discipulado, Carta 7, Cartas dos Mestres de Sabedoria, Transcritas e Compiladas por C. Jinarajadasa, Editora Teosfica.
 Recomende este artigo
Indique para um amigo


Aguarde...






Todos Direitos Reservados © 2017