Carregando

Do mineral ao Anjo


Do mineral ao vegetal.

Do vegetal ao animal.

Do animal ao homem.

Do homem ao Anjo (diria Mestre)!

Em termos semelhantes a estes, repetem-se os textos quando tratam da evoluo, mas Madame Blavatsky, quem vai se aprofundar sobre o tema.

Assim, em A Doutrina Secreta I, Fatos e Explicaes Adicionais, pgina 213, temos:

As Mnadas espirituais ... no esgotam inteiramente sua existncia mineral no Globo A, mas o fazem depois no Globo B, e assim sucessivamente. Do vrias vezes a volta em todo o crculo como minerais, vrias vezes depois como Vegetais, e finalmente circulam vrias vezes mais como animais.

Ainda em A Doutrina Secreta I, Estncia VII, pgina 279, temos um reforo a esta ideia.

H um conhecido aforismo cabalstico que diz: a pedra se converte em planta; a planta em animal; o animal em homem; o homem em esprito; e o esprito em Deus. A Centelha anima sucessivamente todos os reinos, antes de penetrar e animar o homem divino; e entre este e o seu predecessor, o homem animal, existe todo um mundo de diferena.

Finalmente, o Glossrio Teosfico, no verbete Mnada, auxilia-nos sobremaneira a esclarecer a questo:

Mnada (do grego monas- unidade) A Unidade, o Um, mas em ocultismo significa, muitas vezes, a Trade unificada. Atma-Buddhi-Manas, ou a Dada Atma-Buddhi, a parte imortal do homem que se reencarna nos reinos inferiores e progride gradualmente atravs deles at o homem e depois at a meta final: o Nirvana (acreso que o Nirvana atingido aps alcanar-se a Maestria; o perodo de descanso entre as encarnaes, para os que ainda no so Mestres, o Devakan).

A Mnada a Centelha Divina, o Jiva, o Eu, o Raio do Logos. Ainda que seja una em essncia, penetra em todos os planos e regies do ser e se encarna em todas as formas ao percorrer os arcos ascendente e descendente (evoluo e involuo).

Por este motivo se a designa, segundo o caso, pelos nomes de Mnada Elemental, Mineral, Vegetal, Animal, Humana, de um Esprito Planetrio etc.

Contm em germe ou estado latente os atributos e poderes divinos, poderes que se vo manifestando, em virtude das impresses nascidas do contato com os objetos do universo com que a Mnada se relaciona.


 Recomende este artigo
Indique para um amigo


Aguarde...






Todos Direitos Reservados © 2019